Saiba Como Acabar com a Celulite em apenas 28 Dias: Método 100% Natural

Ela aparece devagar, às vezes quase não é notada, e de repente já está nos incomodando. Seja na hora de colocar uma roupa mais justa ou de aparecer de biquíni, a maioria das mulheres já se deparou com a temida pele “casca de laranja”.

Mudanças hormonais, hábitos pouco saudáveis e até mesmo a retenção de líquidos causada por dias mais quentes e períodos menstruais podem contribuir para o aparecimento do problema que, nem sempre, é fácil de ser resolvido.

Existem vários métodos de eliminar este mal que afeta a tantas mulheres, mas, se quer saber como acabar com a celulite rápido e de forma eficaz, siga o meu método fantástico.

Eliminar totalmente este problema é possível, sim! Com tratamentos diversificados e atenção redobrada à nutrição, é possível melhorar bastante a aparência da sua pele!

Se você também está enfrentando esse mal e já não tem mais ideias de como eliminar a celulite, então acompanhe as dicas super importantes que separei.

Assim como você, eu também já passei por problemas de autoestima devido a esses ‘furinhos’ tão inconvenientes, porém, hoje, me sinto livre para usar a roupa que eu quiser e até desfilar pelas praias sem medo do corpo que eu tenho.

Se você quiser saber como eu consegui isso, continue lendo esse texto!

Mas, antes de saber como tirar celulite, convém saber o que é na realidade e porque aparece.

Muito mais do que uma dor de cabeça que atormenta tantas mulheres, esta é, na verdade, uma alteração da pele causada pelo acúmulo de gorduras, toxinas e água, o que faz com que as células fiquem inchadas e endurecidas – ganhando aquele aspecto de ‘desnível’ que as mulheres conhecem muito bem.

Além do tecido gorduroso, a microcirculação e a flacidez de alguns músculos também afetam a aparência da pele. Todos esses fatores juntos acabam por culminar neste terrível problema.

Porém, nem todas as celulites são iguais ou afetam as mulheres da mesma forma. Muitos estudos também creditam a genética um papel importante na hora de definir a aparência e a presença deste problema.

Justamente por ser multifatorial é que, muitas vezes, parece ser quase impossível combater a celulite. Mas, se você também está sofrendo com esse pesadelo, fique calma. Eu vou lhe mostrar um método realmente eficaz, você não vai acreditar.

É tudo igual?

Não! Embora as tenham todas a mesma origem, existem graus para a sua classificação. O método de avaliação mais usado é o “Celulite Severity Scale”, criado por dermatologistas brasileiras e que considera:

  • o aspecto das áreas elevadas
  • a quantidade e a profundidade das elevações
  • a presença de lesões elevadas
  • a presença de flacidez

Dentro desses itens, é possível classificá-la em:

Grau 1: as irregularidades não são visíveis e apenas é possível nota-las quando a mulher contrai a musculatura ou aperta o local com os dedos.

Grau 2: já é visível mesmo sem nenhuma contração da pele. Quando se apalpa o local é possível notar a presença de pequenos nódulos (que não são vistos a olho nu).

Grau 3: é visível, a pele tem aspecto de casca de laranja e apresenta sobrelevações e nodulações aparentes.

Grau 4: as celulites podem ficar doloridas e com aspecto arroxeado. Algumas vezes existe inflamação envolvida e o aspecto da pele é com nódulos profundos e bem demarcados.

E o que leva alguém a contrair este problema?

Essa é uma das principais dúvidas das mulheres – e também da medicina. Embora especialistas tenham uma noção de quais fatores contribuem para o aparecimento e para a piora da celulite, ainda existem motivos pouco precisos e que necessitam de mais estudos para que se possa compreender totalmente as interações que levam ao seu surgimento.

Contudo, alguns hábitos podem piorar o quadro ou até mesmo levar ao surgimento de novas celulites, como:

Idade: sabe-se que quanto mais envelhecemos, pior esta se apresenta. Atribui-se a isso a perda de colágeno que ocorre naturalmente nas mulheres a partir dos 30 anos, o que acaba por deixar a pele mais flácida e mole. Alguns estudos também apontam a queda da produção do hormônio GH a esse aspecto de maior flacidez da pele.

Genética: ainda não se sabe ao certo de que forma a genética é capaz de ‘impulsionar’ os gatilhos da celulite. Porém, mulheres com história familiar, costumam apresentar o problema mais novas e em quadros mais graves.

Sedentarismo e excesso de peso: a celulite está intimamente ligada com o nosso tecido adiposo e a camada de gordura que se encontra diretamente abaixo da camada cutânea. Dessa forma, se estamos com problemas de sobrepeso ou com uma taxa de gordura maior do que o esperado para nossa configuração física, as chances da aumentam drasticamente.

Além disso, o sedentarismo pode piorar a circulação sanguínea nos locais em que existem maiores chances de aparecer a celulite. Os médicos já sabem que a circulação está diretamente relacionada ao problema, por isso atividades físicas regulares podem ajudar o corpo a eliminar as toxinas que se acumulam na pele e também a circular o sangue de forma mais satisfatória, melhorando a aparência geral da nossa pele – e consequentemente das celulites.

Pouca ingestão de líquidos: como dissemos, um dos ‘vilões’ é o acúmulo de líquidos e toxinas, que acontece quando o corpo não está funcionando de maneira adequada, principalmente o nosso sistema linfático. Por isso, aumentar a ingestão de líquidos durante o dia, sobretudo de água, é extremamente importante para que todas as toxinas sejam retiradas do nosso corpo de maneira satisfatória e não fiquemos ‘inchadas’.

Hormônios: talvez você já tenha notado que este problema atormenta muito mais as mulheres do que os homens, não é mesmo? Existem várias explicações para isso (inclusive no fato de a mulher ter uma taxa de gordura corporal maior), porém muitos especialistas acreditam que o estrogênio seja um dos culpados pelo aparecimento dos ‘furinhos’. Como os homens possuem esse hormônio em uma quantidade bem reduzida, pode ser por isso que eles não apresentam tanta celulite, mesmo quando com sobrepeso. Outra explicação para as celulites está relacionada as variações hormonais as quais sofremos todos os meses, enquanto os homens raramente possuem flutuações, já que eles não menstruam.

Má alimentação: a nutrição também é um fator importante no aparecimento da celulite. Sabe-se que alimentos ricos em sódio (sal), gorduras e carboidratos facilitam o aparecimento e a piora da celulite. Por isso, investir em uma alimentação equilibrada pode ser a chave para melhorar a aparência da sua pele, no geral.

Estresse: sim, o estresse é culpado por muitas coisas, até mesmo pela piora dos nossos tão temidos "furinhos" na pele. Ainda não se sabe exatamente como o mecanismo funciona, mas quando estamos vivendo períodos prolongados de estresse toda a nossa pele passa a ser afetada, inclusive com o surgimento de novas celulites ou com a piora das que já existem.

Flacidez muscular: muitos casos apresentam melhoras quando a mulher começa a praticar atividades físicas. Além de auxiliar a reduzir a retenção de líquidos, os exercícios podem tonificar as áreas que apresentam maior celulite e dar um aspecto melhor a pele.

Má circulação sanguínea: como dissemos, a circulação sanguínea está diretamente relacionada ao aparecimento e a piora das celulites. Dessa forma, algumas medidas podem ajudar como evitar usar roupas apertadas na região afetada e também não passar muito tempo sentada ou na mesma posição. Além disso, não basta querer saber como tirar celulite, caso você tenha outros problemas de circulação (como vasinhos e varizes) é importante consultar um médico especialista para resolver o problema e, também, melhorar o aspecto da sua pele.

Quer Saber Como Eliminar Celulite Rápido?

Esfoliantes, cremes e tratamentos estéticos podem ajudar a melhorar a aparência da pele. Porém, ainda mais importante é praticar atividades físicas regularmente e buscar uma alimentação mais saudável. Veja algumas dicas de como acabar com celulite:

Aumente o consumo de água: Quanto mais hidratada você estiver, melhor será o funcionamento dos seus rins e também do seu sistema linfático, responsáveis por eliminar as toxinas do nosso corpo e também líquidos, que podem vir a gerar a temida pele de casca de laranja.

Opte por alimentos com mais fibras porque elas reduzem a fome e melhoram o funcionamento do intestino, ajudando a limpar o organismo.

Evite o excesso de alimentos industrializados porque a maioria contém muitos conservantes e sódio que pode causar retenção de líquido, que é uma das maiores causas de celulites.

Mude seus hábitos reduzindo o stress e diminuindo o sedentarismo. Profissões que exigem muito tempo na posição sentada dificultam a circulação e contribuem para o aparecimento deste problema.

Para evitar isso, pratique atividades físicas e movimente-se ao longo do dia (levante da cadeira a cada duas horas, faça pequenas caminhadas, use as escadas, enfim, pequenos hábitos já podem gerar mudanças significativas).

Produtos e hábitos que podem ajudar a melhorar o problema

Já deu para notar que existem inúmeros processos envolvidos no surgimento da celulite, não é mesmo? Por isso, nem sempre conseguimos um resultado satisfatório no ‘combate’ aos furinhos.

Se você possui uma celulite de grau leve, pode apresentar uma melhora com o uso de cremes específicos e também com outras dicas, como:

Uso de vitamina C: alguns estudos apontam que o uso da vitamina C pode auxiliar no combate à retenção de líquidos o que favorece a melhora da aparência geral da pele. Acredita-se que, como a vitamina C se dissolve na água, ela pode ajudar a levar o excesso de toxinas (que estão presos na linfa) para fora do corpo.

Assim, recomenda-se o uso de 2g de vitamina C por dia, aliada a uma alimentação balanceada e hábitos saudáveis. Caso você queira suprir essa necessidade de forma mais rápida, poderá recorrer ao uso do Goji Berry, uma frutinha que poderá ser consumida duas vezes por dia.

Abacate: depois de ter passado muito tempo como o ‘vilão’ das dietas, o abacate tem ganhado os holofotes e sendo muito indicado para quem deseja emagrecer, baixar o colesterol e reduzir a quantidade de gordura corporal. Além disso, para quem busca como eliminar celulite, este também têm mostrado que a fruta pode ajudar na melhora da aparência. Isso acontece graças à estimulação da produção do hormônio GH, que ocorre se você incluir o abacate na sua alimentação na sua ceia noturna. Quando ingerido nesse horário, o abacate é capaz de estimular a produção do hormônio que ajuda a melhorar a aparência da pele, deixando-a menos flácida e com menos celulite.

A produção desse hormônio começa a decair a partir dos 20 anos, o que faz com que tenhamos mais celulite com o passar dos tempos. Você poderá comer o abacate puro, batido com Whey ou até mesmo consumindo 1 cápsula de óleo de abacate toda noite.

Alimentos diuréticos: são fundamentais na hora de ajudar o organismo a ‘desinchar’ e a evitar o acúmulo de líquidos. Dessa forma, além de aumentar a sua ingestão de água, aposte também em alimentos como o abacaxi e a melancia. Outra dica são as frutas vermelhas, que possuem muito antioxidante e ajudam a melhorar a aparência geral da pele. Você poderá consumi-las in natura ou em forma de sucos, somente evite colocar açúcar.

Exercícios de alta intensidade: como dissemos, os exercícios são bons aliados, tanto para diminuirmos o percentual de gordura, como para melhorarmos a circulação e tonificarmos a musculatura.

Na hora de melhorar a aparência das celulites moderadas, os exercícios de alta intensidade podem ser bons aliados, porque ajudam a drenar o interior dos músculos inferiores, o que reduz levemente a celulite.

Cremes e tratamentos específicos: algumas vezes, as celulites de graus mais leves podem ser tratadas com o uso de cremes e tratamentos específicos, que ajudam a melhorar a circulação no local, diminuem a quantidade de gordura e ajudam o organismo a liberar toxinas.

O problema desse tipo de tratamento é que ele não funciona para todos os tipos de celulite (geralmente as com grau mais avançado não possuem melhora), além de eles serem para a vida toda, pois, assim que você interrompe o tratamento o pouco de ganho conseguido poderá se perder.

Formas simples de tirar celulite de grau 1 e 2

Os graus mais leves de celulite podem ser eliminados apenas com algumas mudanças de hábitos. Estes aparecem em menor quantidade no corpo e possuem menos gordura envolvida. Confira algumas dicas de como acabar com as celulites:

- Faça exercícios para eliminar celulite aeróbicos e localizados por 1 hora, no mínimo, 3 vezes na semana

- Use cremes anticelulites diariamente após o banho, eles irão ajudar a reduzir a gordura localizada (que geralmente é pouca) e melhorar a circulação sanguínea local, dando um aspecto mais “saudável” a pele

- Beba 2 litros de água diariamente (ou mais) e também inclua o chá verde sem açúcar no seu cardápio para diminuir a retenção de líquidos

- Diminua a ingestão de carboidratos, sal, açúcar, embutidos, alimentos gordurosos ou muito industrializados (retire também os refrigerantes da sua alimentação)

Com essas medidas simples em alguns meses já é possível notar a diferença na região afetada. Porém, vale lembrar de que é preciso manter os hábitos saudáveis para evitar que o mesmo volte a acontecer.

Dicas para eliminar a celulite de grau 3 e 4

Estes são os casos mais difíceis de curar porque envolvem uma maior quantidade de gorduras e toxinas acumuladas. Sendo que, o mais indicado, são tratamentos estéticos específicos como drenagens linfáticas, carboxiterapia e laser.

Além disso, outros cuidados podem ajudar bastante nestes casos mais graves. Saiba o que fazer para acabar com a celulite:

- Pratique atividades físicas diariamente ou, pelo menos, 5 vezes por semana aliando aeróbico com musculação

- Use cremes anticelulites diariamente após o banho, invista também em esfoliantes pelo menos 2 vezes na semana (eles irão preparar a pele para uma maior penetração dos princípios ativos dos cremes)

- Adote dietas hipocalóricas, restringindo o consumo de carboidratos simples (opte pelos integrais), alimentos gordurosos, ricos em açúcar (como refrigerantes), muito industrializados ou que contenha elevados índices de sódio. Reduza também a quantidade de sal na preparação dos alimentos

- Mistura de café e azeite

A cafeína é o principal ingrediente da maioria dos cosméticos voltados para a acabar com a celulite, isso porque ela promove a quebra de gordura do corpo, aumentando a firmeza da pele, a hidratação e tratando os furinhos indesejados.

Separe a borra do café até dar uma xícara (caso seja necessário, vá guardando na geladeira). Antes de aplicar, aqueça por 30 segundos no micro-ondas e vá acrescentando aos poucos azeite de oliva extra virgem até conseguir uma consistência para passar na pele.

Inicie com uma vigorosa massagem nas áreas mais afetadas por, no mínimo, cinco minutos em cada setor. Para evitar que o café faça muita sujeira, coloque a mistura em uma meia fina (corte uma meia calça que não use mais, por exemplo) e faça a aplicação conforme descrito acima.

Também poderá realizar a massagem e deixar a mistura repousando sobre a pele, para isso a envolva com papel filme e deixe por 15 minutos.

Repita o procedimento a cada 2 ou 3 dias por, pelo menos, 3 semanas.

- Mistura com óleo de amêndoas

Para potencializar os efeitos da aplicação anterior, em um dia em que você não vá aplicar a borra, use: meia xícara de açúcar mascavo, meia xícara de sal marinho e meia xícara de óleo de amêndoas. Misture bem e passe massageando em movimentos circulares por cerca de 5 minutos em cada região afetada.

Diariamente, embeba uma esponja vegetal com azeite de oliva (o mais quente que conseguir suportar) e massageie a pele.

- Óleo de Coco

Passe o óleo de coco sobre a área afetada e use um pincel seco para esfregar, fazendo uma pequena esfoliação. Massageie suavemente por 5 minutos com movimentos circulares. Também pode ser usada uma escova de bebê. O óleo de coco ajuda a hidratar a pele, melhorando a flacidez e a aparência da pele. Essa receita pode ser usada de 2 a 3 vezes na semana.

- Vinagre de Maçã

Além de combater a celulite, o vinagre de maçã também ajuda a reduzir o aparecimento de estrias. Você pode usar o vinagre de duas maneiras diferentes: passando-o diretamente na pele, fazendo uma massagem vigorosa ou tomando-o todos os dias – em jejum- adicionando 2 colheres de sopa de vinagre a um copo de água.

Todas essas medidas, quando feitas de maneira contínua, podem ajudar a melhorar a aparência das celulites. Em alguns casos, porém, é preciso buscar ajuda médica, pois os motivos para o aparecimento dos “furinhos” pode estar relacionado a problemas hormonais, por exemplo, como a TPM ou a menopausa e, por isso, vão precisar de cuidados específicos. Em casos mais severos, também podem ser indicadas cirurgias para combater a celulite (principalmente aquelas que contêm nódulos). A técnica é chamada de subcisão e apenas é realizada em consultórios médicos.

Já usei todos esses métodos e nada funcionou. E agora?

Se você já usou todos os métodos tradicionais, melhorou sua alimentação e começou a praticar exercícios físicos mas não consegue encontrar mais formas de como eliminar a celulite, saiba que você não está sozinha.

Infelizmente, apesar de realizarem todas as mudanças e de buscarem uma vida mais saudável, a maioria das mulheres não consegue se livrar do problema através dos métodos tradicionais.

Mas, isso não quer dizer que esteja tudo perdido. Eu também era uma dessas mulheres que já não acreditava mais na possibilidade de me livrar das celulites, até que eu conheci esse método incrível e que permitiu finalmente me ver com uma pele muito mais firme e lisa.

Se você também já tentou todos os métodos tradicionais e está cansada de não obter nenhum resultado satisfatório, você precisa conhecer o “Adeus, Celulite”.

O que é o método “Adeus, Celulite”?

Também conhecido como método Symulast, este é um programa de exercícios pensados exclusivamente para que você consiga se livrar das suas celulites, principalmente nas áreas mais problemáticas como o bumbum e as coxas.

Este programa revolucionário foi desenvolvido pelo mestre em fisiologia do exercício, o americano Joey Atlas. Depois de muito tempo trabalhando como personal trainer principalmente com o público feminino, ele percebeu o quanto as mulheres sofriam com esse problema e como era quase impossível se livrar dele.

Frustrado por não conseguir ajudar as suas clientes mulheres a se livrarem das celulites, mesmo que elas estivessem em forma, ele resolveu se dedicar ao tema. Depois de anos de estudo, ele desenvolveu um programa de treinos capaz de estimular uma camada muscular diferente, responsável pelo aparecimento da celulite.

Porque esse método funciona e os outros não?

O principal diferencial do método Symulast, ou “Adeus, Celulite” está no fato de ele ‘atacar’ o principal causador das celulites: a flacidez da musculatura sinérgica.

Após anos de estudo, Joey Atlas concluiu que o principal causador da celulite está relacionado à camada muscular que temos logo abaixo da gordura subcutânea. Quando esses músculos, por algum motivo, não são estimulados de maneira correta, eles ficam moles e flácidos.

Se isso acontece, a pele e a camada de gordura acabam por se tornarem igualmente flácidas e desiguais, o que resulta nos famosos ‘furinhos’ que todas conhecemos.

Dessa forma, Joey Atlas percebeu que, a única maneira de devolver à pele seu aspecto saudável e natural, seria tonificando essa musculatura, de modo que os mesmos fossem forçados contra a pele, deixando-a mais firme e uniforme.

Mas, porque os exercícios comuns não conseguem melhorar o aspecto da celulite?

Bom, depois de ler essa explicação você pode estar pensando: mas, se são apenas exercícios, qual a diferença desse método para as sequências que eu já realizo na academia?

Na verdade, Atlas percebeu que os exercícios convencionais não eram capazes de agir sobre essa musculatura em específico. Quando usamos pesos e equipamentos na academia, a força dos estímulos acaba sendo dissipada por todos os músculos, tendões e ligamentos da região do corpo que está sendo trabalhada.

Dessa forma, apenas os grandes grupos musculares acabam por ser afetados com os exercícios tradicionais. Os pequenos músculos- que estão localizados diretamente embaixo das regiões da celulite- não recebem nenhum tipo de estimulação quando realizamos uma série de exercícios convencionais e, com isso, não temos nenhuma melhora na aparência das celulites.

O principal motivo para isso é que a maioria das rotinas de exercício feitas nas academias são realizadas a partir de movimentos bidimensionais, de forma rígida e pré-guiada de acordo com o equipamento ou com o exercício de isolamento.

Porém, para que a musculatura sinérgica seja atingida é preciso realizar uma rotina de exercícios diferenciada, com movimentos multidimensionais do corpo e que não envolvam pesos e equipamentos.

Ok, mas de que forma funcionam estes exercícios? Preciso de pesos e equipamentos?

Antes de mais nada, é importante frisar que os exercícios do método “Adeus, Celulite” NÃO necessitam de nenhum peso ou equipamento, porque utilizam movimentos naturais e o próprio peso do corpo para tonificar as áreas da musculatura sinérgica.

Dessa forma, você não precisará ir até uma academia e poderá realizar a sequência de exercícios na sua própria casa, sem complicação.

Na verdade, a rotina é muito simples, com 3 a 4 treinos por semana, com 20 minutos cada. A primeira vista pode parecer algo muito fácil e até podemos ficar desconfiadas sobre a sua real funcionalidade.

Mas, a verdade, é que quando você tiver terminado o treino irá sentir as suas pernas queimando e, provavelmente, irá suar bastante, porque estará a exercitar uma área que (praticamente nunca) é exercitada.

Lembre-se que a proposta do método não é te emagrecer ou fazer você ficar com hipertrofia (aumento da musculatura). Aqui, você irá realizar sequências de exercícios focadas na metade inferior do seu corpo, visando unicamente fortificar a musculatura envolvida com as celulites e melhorar a aparência da sua pele.

Apesar de serem bem focados, os exercícios não são difíceis de serem executados e qualquer mulher poderá fazê-los, mesmo que não tenha um bom preparo físico ou que não seja muito ativa fisicamente.

E o melhor de tudo é que poderá começar a ver os resultados em apenas 28 dias! Porém, existem mulheres que relatam melhoras significativas a partir do décimo dia de uso.

Mas, é claro, que para ter esses resultados você deverá seguir o plano de exercícios de forma correta e com afinco, realizando-o entre 3-4 vezes por semana. Por isso, se procura como tirar a celulite de forma natural, este método é mesmo para si!

Eu já faço exercícios, posso continuar com eles?

Sim! O método “Adeus, Celulite” é focado apenas na musculatura relacionada à região das celulites e, por isso mesmo, não é indicado para quem tem outros objetivos como emagrecer ou definir.

Se você realiza outras atividades físicas poderá continuar com a sua rotina normalmente, apenas adicionando os exercícios de Joey ao que você já está acostumada, pois eles não irão interferir nos seus outros objetivos e treinos.

E a dieta?

É claro que manter uma alimentação saudável e balanceada é extremamente importante para a sua saúde em geral, mas, no método Symulast você não irá precisar fazer nenhum tipo de dieta especial.

Logicamente, quanto mais saudável for a sua alimentação (com menos sódio e alimentos industrializados), melhor será a aparência geral da sua pele e mais rapidamente você verá os resultados do programa.

E então, ficou interessada?

Eu posso te garantir que esse método funciona mesmo. Assim como eu, milhares de brasileiras já estão se aproveitando dos benefícios do método “Adeus, Celulite”.

Para mim, esse foi um dos melhores investimentos que fiz em minha autoestima, já que me sinto muito mais confiante para usar biquínis, roupas brancas e muito mais.

E você, como está lidando com as suas celulites? Esse é um problema que tem interferido na sua autoestima? Caso tenha se sentido mal pelos famosos ‘furinhos’, saiba que existe um método capaz de lhe ajudar!

Entre em contato comigo e vamos trocar nossas experiências com esse problema!

O que achou do artigo? Também já passou por isso, ou está a passar? Diga-me tudo :)

Comments

comments

Ajude a divulgar meu blog
Basta compartilhá-lo, não custa nada!
E eu agradeço demais !